Álex Landim, companheiro exemplar

 

No passado dia 24 de janeiro, teve lugar um ato dedicado ao ex-aluno Álex Landim no IES Perdouro. Pelo seu esforço e dedicação, o governo da Galiza outorgou-lhe um prémio em forma de compensação económica.
O Álex chegou a Burela no ano 2014. Pouco a pouco, ele atingiu os objetivos assinalados e hoje em dia esta a lutar para consolidar-se no Curso Artístico, uma etapa do ensino secundário não obrigatória no nosso país.
No ato falaram, entre outras pessoas,Maria Xosé Andión, a chefa de estudos do liceu; Silvera Vicente de Oliveira, amiga e colega de turma do Álex; e Antonina Semedo, uma das primeiras caboverdianas em chegar à nossa terra.
Eu também participei. Para mim, o Álex foi um pilar fundamental quando eu cheguei ao centro de ensino. Ele evitou que ficasse sozinho; acompanhou-me fora das aulas e apresentou-me muitos companheiros e companheiras para ir ampliando o meu círculo de amigos. Desde que o conheci, nunca mais passei um intervalo só, ao lado de uma coluna.
Do mesmo modo que o governo galego reconhece  o percurso exemplar do Álex, estas minhas palavras pretendem ser também mais um reconhecimento, neste caso de companheiro exemplar. Acho que o Álex devia ser um espelho para todos e todas, não apenas para aqueles caboverdianos que chegaram há pouco tempo à Marinha.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*