Eduardo Monteiro: “Entrei na música galega através de Muxicas”

Na "Xuventude de Galicia", em Lisboa, aprendeu música tradicional com o Paulo Marinho, da Sétima Legião

Na entrevista da entrega nº 111 do GV, demos a conhecer à nossa audiência a música do Eduardo Monteiro, que nasceu no Rio de Janeiro em 1974 no seio de uma família integralmente portuguesa e emigrante. Mudou-se para Portugal em 1982, tendo vivido em Viseu durante 4 anos, período após o qual passou a viver com a família em Lisboa.
Em 1992, Eduardo Monteiro entrou para a Xuventude de Galicia em Lisboa e aprendeu a tocar gaita de foles e pandeireta galega com Paulo Marinho e com diversos professores enviados pela Xunta de Galicia. Integrou o grupo “Anaquiños da Terra”, quer como participante quer como ensaiador.
Autodidacta na sanfona, assistiu a vários cursos na Galiza na França. Em 2000 ingressou no curso de canto na Escola de Música do Conservatório Nacional e integrou algumas formaçoes musicais no ambito da música popular e erudita.
Desde 2007 tem-se dedicado ao fado, tendo cantado em diversas casas de fado, hoteis e eventos. Atualmente aprende a tocar viola. Paralelamente ao percurso musical licenciou-se em Biologia em 1999, tendo se desde entao dedicado ao ensino, em estabelecimentos de ensino públicos e tutelados pelo Ministerio da educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*