A praça convida ao encontro

Festival intercultural celebrado em Lisboa protagonista do programa 93 do Grandes Vozes

O Grandes Vozes foi gravado numa praça de Lisboa. O professor universitário Gabriel André entrevistou o cantor baiano Edson Raposo.

O Grandes Vozes é paradigma do diálogo intercultural. Desta vez, no programa número 93, com o coordenador Marco Pereira de férias em Trás-os-Montes, desde Burela tomaram os mandos da nave um galego (Matías Nicieza) e um jovem caboverdiano (Edilson S. Tavares). O destino da Ponte Musical era o Jardim do Príncipe Real, em Lisboa, onde se celebra o evento “A Praça Convida. Cultura e Cidadania em espaços públicos“, uma excelente iniciativa da Junta da Freguesia da Misericórdia, o Centro InterCulturaCidade, a Confederação de Jovens Agricultores e o Centro de Estudos Galegos da Universidade Nova de Lisboa.
Na capital portuguesa estavam outros protagonistas do programa da Rádio Burela: o professor galego Gabriel André (do Centro de Estudos Galegos) e o artista baiano Edson Raposo. Os primeiros temas da conversa: a chegada do artista brasileiro a Portugal (em 2001) e a sua participação nos Dragões do Samba e nos Kussondulola, banda muito conhecida na Galiza pela sua presença no Xabarin Club (programa infantil com muitíssima audiência emitido na TVG).
Ainda com a estridência da cidade ao fundo, o entrevistador pediu ao artista convidado uma primeira música ao vivo e o Edson Raposo cantou a história da Teresa, uma mulher africana emigrada em Lisboa.
A seguir, chegou o tempo das novidades e através da entrevista soubemos que o baiano prepara um novo disco, que o disco terá dez canções de estilos diferentes, mas sempre com presença de ritmos baianos em simbiose com outros procedentes da África.
Como sempre, de grande ajuda o capítulo dedicado às sugestões musicais, uma delas o angolano Yuri da Cunha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*